27 Pessoas online preenchendo o Contrato de Consultoria agora agora
Baixe Na Hora
Tenha Segurança Jurídica com este contrato
Evite Dor de Cabeça com contrato mal elaborado
Analista Lucas Leal
09/07/2024

 6【ERROS】que invalidam um Contrato de Consultoria!【Cuidado】com o 5º! 

Descubra o que é um Contrato de Consultoria. Como preencher um Contrato de Consultoria? Como fazer um Contrato de Consultoria? Modelo simples e adaptado à nova Lei para baixar em Word e PDF e imprimir. 

  1. 1. O que é um Contrato de Consultoria? 
  2. 2. Quais cláusulas não podem faltar no seu Contrato de Consultoria?
  3. 3. Como fazer o Contrato de Consultoria de acordo com a legislação vigente?
  4. 4. Quais são os principais tipos de Consultoria?
  5. 5. Quando posso entrar com uma ação de indenização decorrente do contrato de Consultoria?
  6. 6. Como cancelar o Contrato de Consultoria?

Você já se perguntou como garantir o sucesso de um projeto ou empreendimento? 

O contrato de consultoria pode ser a chave para alcançar seus objetivos. 

Imagine contratar um consultor experiente e capacitado para orientá-lo em cada etapa do processo, desde a concepção até a execução. 

Com um contrato de consultoria, você tem a segurança de que receberá um serviço de qualidade e poderá contar com um profissional comprometido com seu sucesso. 

Descubra como um contrato de consultoria pode fazer a diferença em sua jornada empreendedora.

1. O que é um Contrato de Consultoria?

Um contrato de consultoria é um acordo formal entre um consultor e um cliente, no qual são estabelecidos os termos e condições para a prestação de serviços de consultoria, que podem incluir a realização de diagnósticos, análises, recomendações e implementação de soluções para resolver problemas específicos do cliente.

O objetivo principal do contrato é proteger as duas partes, garantindo que ambas compreendam as expectativas e responsabilidades do projeto.

Além disso, o contrato pode incluir cláusulas relacionadas a questões de propriedade intelectual, confidencialidade, resolução de conflitos e outros aspectos relevantes ao projeto.

Os contratos de consultoria são comuns em diversos setores, como em consultorias empresariais, consultorias em tecnologia da informação, consultorias em recursos humanos, consultorias financeiras, entre outras.

Eles podem variar em complexidade, dependendo da natureza do projeto e das necessidades das partes envolvidas.

Por esse motivo é importante que ele seja feito por alguém que sabe exatamente quais as cláusulas que ele deve conter.

2. Quais cláusulas não podem faltar no seu contrato de Consultoria?

Algumas cláusulas importantes que não devem faltar em um contrato de consultoria incluem: 

  • as partes envolvidas, 
  • o objeto e escopo dos serviços, 
  • o prazo e a forma de pagamento, 
  • a propriedade intelectual, 
  • a confidencialidade, 
  • as responsabilidades e obrigações das partes,
  •  as hipóteses de rescisão e 
  • as penalidades em caso de descumprimento contratual.

Além disso, é importante que o contrato esteja em conformidade com as leis e regulamentações aplicáveis ao setor e à prestação dos serviços de consultoria.

3. Como fazer o Contrato de Consultoria de acordo com a legislação vigente?

Para elaborar um contrato de consultoria em conformidade com a legislação vigente, é preciso seguir algumas orientações importantes. 

Em primeiro lugar, é necessário definir claramente o objeto e escopo dos serviços a serem prestados. 

Isso inclui identificar as partes envolvidas no contrato, tais como seus nomes, endereços e informações de registro como CNPJ ou CPF.

Além disso, é fundamental estabelecer o prazo para a execução dos serviços e a forma de remuneração a ser utilizada. 

Para garantir a proteção dos interesses das partes envolvidas, é recomendável incluir cláusulas de confidencialidade e de propriedade intelectual.

Outro ponto importante é especificar as obrigações e responsabilidades de cada parte, bem como as hipóteses de rescisão contratual e as penalidades em caso de descumprimento. 

Por fim, é essencial assegurar que o contrato esteja em conformidade com as leis e regulamentações aplicáveis ao setor e à prestação dos serviços de consultoria. 

Seguindo essas orientações, é possível elaborar um contrato de consultoria eficaz e em conformidade com a legislação.

Em caso de dúvidas ou dificuldades, é recomendado buscar orientação jurídica especializada para elaborar o contrato de consultoria de acordo com a legislação vigente.

4. Quais são os principais tipos de Consultoria?

Existem vários tipos de consultoria, e entre os principais estão:

Consultoria de Gestão: dedica-se a ajudar empresas a melhorar seus processos, estratégias, recursos humanos e gestão de projetos.

Consultoria Financeira: presta serviços relacionados a planejamento financeiro, análise de investimentos, gestão de riscos e compliance financeiro.

Consultoria de TI: oferece soluções e serviços relacionados à tecnologia da informação, como gestão de projetos, desenvolvimento de software, infraestrutura de TI e segurança da informação.

Consultoria de Marketing: trabalha com estratégias de marketing, incluindo pesquisa de mercado, branding, análise de concorrência e planejamento de campanhas publicitárias.

Consultoria Jurídica: oferece serviços de aconselhamento e assessoria jurídica para empresas e pessoas físicas.

Consultoria de Recursos Humanos: dedica-se a questões relacionadas a recursos humanos, incluindo recrutamento, seleção, treinamento e desenvolvimento, avaliação de desempenho e gestão de carreira.

Consultoria Ambiental: atua em projetos e estudos relacionados ao meio ambiente, como gestão de resíduos, licenciamento ambiental, auditoria ambiental e sustentabilidade.

Consultoria de Vendas: presta serviços relacionados a técnicas e estratégias de vendas, treinamento de equipes comerciais, gestão de canais de vendas e planejamento de vendas.

Consultoria Internacional: atua em projetos e estudos com enfoque internacional, como estratégias de entrada em novos mercados, análise de riscos políticos e econômicos, assessoria regulatória e gerenciamento de projetos globais.

Cada tipo de consultoria tem suas particularidades e objetivos específicos, e a escolha do tipo de consultoria dependerá das necessidades e objetivos do cliente.

Com tantas possibilidades de contrato, já deu para perceber que você precisa de alguém especializado no assunto para fazer o seu documento corretamente.

5. Quando posso entrar com uma ação de indenização decorrente do contrato de Consultoria?

Uma ação de indenização decorrente de contrato de consultoria pode ser iniciada quando uma das partes não cumpre com as obrigações previstas no contrato, causando prejuízos financeiros ou danos à outra parte.

A parte lesada pode buscar a reparação dos danos por meio de uma ação de indenização, que deve ser ajuizada na justiça, de acordo com as normas e prazos previstos na legislação aplicável. 

Para isso, é necessário que sejam apresentadas provas que demonstrem o descumprimento do contrato pela outra parte, bem como a ocorrência de prejuízos ou danos decorrentes dessa situação.

Por isso, é importante que o contrato de consultoria seja elaborado de forma clara e precisa, e que ambas as partes estejam cientes de suas obrigações e responsabilidades. 

Em caso de dúvidas ou disputas, é recomendado buscar orientação jurídica para esclarecer os termos do contrato e definir a melhor estratégia a ser adotada.

Tenha cuidado com os modelos disponíveis na internet. Apesar de serem gratuitos, a maioria é desatualizado e cheio de erros jurídicos.

6. Como cancelar o Contrato de Consultoria?

O cancelamento de um contrato de consultoria deve ser realizado de acordo com as condições e prazos estabelecidos no próprio contrato, bem como nas leis aplicáveis. 

Geralmente, o contrato de consultoria prevê as hipóteses em que o cancelamento pode ocorrer, bem como as penalidades ou multas que podem ser aplicadas em caso de rescisão.

Para cancelar um contrato de consultoria, é necessário seguir os seguintes passos:

Verificar as condições de rescisão previstas no contrato, como prazos, multas e outras obrigações das partes.

Comunicar formalmente à outra parte sobre a intenção de rescindir o contrato, por meio de uma notificação escrita. 

Essa notificação deve ser feita de acordo com as regras previstas no contrato e pode ser enviada por correio, e-mail ou entregue pessoalmente.

Realizar a negociação e acordo sobre a forma de encerramento do contrato, se for necessário. 

Isso pode incluir a devolução de valores, materiais ou informações, além de outras obrigações previstas no contrato.

Registrar a rescisão do contrato em um documento escrito, como um termo de rescisão ou distrato, que deve ser assinado pelas partes e por duas testemunhas.

Arquivar o termo de rescisão ou distrato em local seguro, para fins de comprovação futura.

Caso haja disputas ou dificuldades na rescisão do contrato, é recomendado buscar orientação jurídica especializada para definir a melhor estratégia a ser adotada.

Por isso, procure um profissional ou empresa especializada para fazer o seu contrato de forma válida e de acordo com a legislação vigente.

Tudo sobre o Tema:

Legislação: Lei 13.429

Conceito: é um acordo formal entre uma empresa (cliente) e um consultor (prestador de serviços) que estabelece as condições e os termos do trabalho a ser realizado. 

Vigência: acordado entre as partes.

 O que não pode faltar:

  • Identificação das partes
  • Objeto do contrato
  • Prazo de vigência
  • Remuneração e forma de pagamento
  • Obrigações e responsabilidades das partes
  • Sigilo e confidencialidade
  • Propriedade intelectual
  • Rescisão e penalidades
  • Foro de eleição e lei aplicável

Outras nomenclaturas para este documento: 

  • contrato de consultoria
  • contrato de prestação de serviços advocatícios e consultoria jurídica
  • modelo contrato consultoria
  • contrato consultoria pessoa física
  • contrato de consultoria internacional
  • modelo de contrato consultoria empresarial

Dúvidas frequentes

1. Quais são as diferenças entre Consultoria e Assessoria?

A consultoria é mais focada em fornecer soluções e recomendações para resolver um problema ou atingir um objetivo, enquanto a assessoria é mais voltada para oferecer orientação e suporte para ajudar na tomada de decisões e na execução de tarefas específicas.

2. Não recebi o oferecido no Contrato de Consultoria, o que posso fazer?

Busque os meios legais para resolver a questão. Uma das opções é entrar em contato com a empresa ou profissional responsável e tentar uma negociação, caso não haja acordo, é possível buscar a orientação de um advogado e recorrer à justiça para buscar uma solução.

3. Posso fazer um Contrato com vários Consultores?

Sim, é possível fazer um contrato com vários consultores. Nesse caso, o contrato deve estabelecer claramente as responsabilidades de cada consultor, bem como as obrigações e responsabilidades das partes envolvidas.